Draft 2014: O que esperar – Parte I

Saudações Ramsmaníacos!

Pra quem ainda não me conhece, meu nome é Rafaela, sou torcedora do Rams desde 2010 e há 2 ou 3 anos venho acompanhado assiduamente nosso time.

Depois desse longo e entediante período sem a nossa querida NFL e sem o nosso Rams, cá estamos, há apenas alguns dias do draft. Por isso, farei uma sequência de textos de hoje até quarta (véspera do draft) sobre nossas possíveis escolhas no primeiro round (com uma ou outra menção honrosa para o segundo).
Então, antes de falar sobre as possíveis escolhas, é importante salientar que podemos fazer um trade-down com algum time que queira um jogador específico e tenha medo de não estar disponível quando chegar sua vez. Lembrando também que não seria de todo ruim “perdermos” alguns dos jogadores considerados ‘tops’ nas posições correspondentes, pois pelo que dizem os especialistas, muitos jogadores que serão escolhidos no segundo round do Draft 2014, poderiam ser escolhidos no primeiro, em algum outro ano. Tamanho a qualidade de MUITOS jogadores saídos do college esse ano. Então não se surpreenda, Les Snead e o Jeff Fisher de bobos não têm nada.

OBS: sobre alguns jogadores eu falei mais, que são os que eu acho que têm mais chances de serem escolhidos por nós.

O MAIS DISPUTADO

Para começar, não poderia deixar de falar de um dos melhores prospectos dos últimos anos do draft: Javedeon Clowney. Não entendam como ‘babação de ovo’ ou o que quer que seja, mas ao que muitos especialistas dizem, ele é um p*** DE, e talvez, dependendo da análise de necessidades que o staff do time fez, não me surpreenderia com a escolha dele na segunda pick. Porém, devemos lembrar que a chance do Texans escolher ele é altíssima, e até mesmo pode acontecer de algum time trocar essa pick com o Texans para escolhe-lo. Está disputado o rapaz.

OFFENSIVE LINE

Após a lesão do Long, a saída do Dahl, a idade avançada do Wells e a baixa durabilidade de Saffold, é certo que iremos atrás de OLs no draft. Com a possibilidade de escolhermos ao menos dois caras para a linha (um deles logo no primeiro round), abaixo estão alguns dos nomes mais cotados:

Até então, com uma possível escolha na Pick #2, Jake Mathews, após um combine fraco, caiu no board, e se for escolhido pelo Rams, será na #13 ou após um trade-down.

O combinerevelouque Jake tem braços curtos, o que o faria uma escolha não tão boa pra proteger um QB no ‘lado cego’ jogando de tackle. No college, jogou apenas um ano no lado esquerdo. Se o Rams draftá-lo, para desenvolve-lo para jogar no lado esquerdo daqui um tempo maior, acho que seria uma boa escolha. Ele tem mãos fortes, footwork bom, é inteligente e teria tudo para começar de RT (tomando a vaga de Barksdale?). Pode-se dizer que Mathews é uma escolha segura, mas só se não tivermos pegado Greg Robinson.

Robinson ao contrário de Mathews se mostrou muito bem no combine, com um bom tamanho e rapidez e muita força. Abre bons gaps para corridas e é bom na proteção do passe (aliás, melhorando a proteção do passe ficaria ainda mais completo). Talvez a escolha mais certa do Rams caso não faça um trade-down.

Uma alternativa também seria Taylor Lewan, que como Robinson, aproveitou o combine para subir no board. Surpreendeu demonstrando ser ágil e atlético, mesmo tendo 2 metros de altura e uns 140 kg. Sabe abrir gaps para o jogo corrido e protege bem o QB. É o tipo de jogador ‘plug-and-play’, chega com alto potencial de assumir a titularidade no time (eu gostaria que ele fosse mais desenvolvido ainda, para ficar top de verdade). Seu comportamento fora de campo é um fator negativo, mas o importante, e o que pode fazer a diferença em Lewan ser escolhido, é sua ótima proteção ao QB, que foi onde mais pecamos na temporada passada. É bom contra DEs já que é ágil, porém peca quando tem de um cara muito pesado. Apesar de ser ágil, seu bloqueio na blitz lateral não é tão boa, por isso comentei que preferia que fosse desenvolvido. Jogou contra os fortíssimos adversários da Big Ten e é regular, então podemos dizer que Lewan é uma escolha bem provável, se não escolhermos Robinson.

Um pequeno comentário sobre uma possível escolha do segundo round:

Se, por acaso não escolhermos um OL no primeiro round e não tiver mais ninguém desses que eu citei, disponíveis… com a chance de acontecer um trade-down e o Rams conseguir uma escolha a mais no segundo round, poderia acontecer de pegar o OG Gabe Jackson, que é um bloqueador para jogadas de corrida, tem uma envergadura e força física muito grandes. Protege bem no passe, porém não é considerado tão ágil.

Anúncios

2 comentários sobre “Draft 2014: O que esperar – Parte I

    • Eu não sei se iriamos de WR nessa segunda pick não.. Duvido bastante. Não tem só o Watkins de WR top.. E não é nossa maior necessidade. Hehehe

O que achou do texto?Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s