The Legendary: Eric Dickerson #29

Olá fãs do Rams e amigos, hoje trataremos de um lendário running back, ele é um jogador mais recente na história do Rams do que os anteriores tratados nesta coluna, este jogador mantém o recorde de jardas corridas em uma única temporada na NFL pelo Los Angeles Rams. Estamos falando de nada mais nada menos do que Eric Demetric Dickerson, ele brilhou na NFL durante os anos 80 e 90. Eric tinha uma característica que o identificava ele usava óculos especiais durante o jogos.
Fatal em suas corridas, Eric Dickerson era um powerback, com 1,91m e 100kg ele fez uma grande história dentro da NFL quebrando bastante recordes

dickerson23s-1-web

Carreira no College

Dickerson tinha acertado com Texas A&M para jogar o college, mas ele reconsiderou as universidades que tinha dado proposta para ele e ficou indeciso entre OklahomaSouthern California e SMU, entretanto em conversa com sua avó, ela falou para ele permanecer no Texas e jogar pela Southern Methodist University porque ela gostava do treinador da SMU coach Ron Meyer.

Inicialmente Eric dividia as corridas com Craig James e Charles Waggoner, todos os três receberam o status de blue-chip recruits em 1979 (Jogadores do draft que são ditos prontos para NFL). Waggoner teve uma lesão em um retorno de kickoff na primeira temporada deles em SMU, com a saída de Waggoner Dickerson e James lideraram as jogadas de corrida da univeridade, o ataque corrido de SMU era chamado de “Pony Express.” (referência ao  símbolo da universidade).

Durante a universidade Dickerson correu para 4,450 jardas em 790 toques na bola, quebrando o record Earl Campbell’s Southwest Conference em jardas corridas. Os 48 touchdowns anotados empatou com Doak Walker’s SMU em numerous totais de touchdowns corridos pela universidade. No último ano da faculdade, dividindo corridas com James, Dickerson terminou em terceiro na votação para o prêmio Heisman Trophy, atrás de Herschel Walker e John Elway.[3]. Ele foi eleito First-team All-American in 1982 e Second-team All-American in 1981.[4]

Estatísticas da universidade:

Rushing Receiving
YEAR ATT YDS AVG LP TD NO. YDS AVG LP TD
1979 115 477 4.2 43 6 6 35 5.8 11 0
1980 188 928 4.9 54 5 6 93 15.5 37 1
1981 255 1,428 5.6 62 19 1 2 2.0 2 0
1982 232 1,617 7.0 80 17 6 60 10.0 35 0
Totals 790 4,450 5.6 80 47 19 190 10.0 37 1

Carreira professional

1983 – 1987: Los Angeles Rams ERA

dickerson2Enquanto ele considerava ir para o Los Angeles Express time da United States Football League, Dickerson acabou decidindo para entrar na National Football League. Ele foi selecionado logo na segunda escolha geral do draft(1983 NFL Draft) pelo Los Angeles Rams. Com um sucesso imediato ele estabeleceu alguns recordes como rookie. Número de corridas tentadas(390), número de jardas corridas (1,808) e número de touchdowns corridos (18), incluindo outros dois touchdowns recebendo passes. Ele ainda teve as honras de ser escolhido para o time All-Pro, Pro Bowl, Player of the Year e Rookie of the Year.

Na segunda temporada, Dickerson continuous sua investida no livro de recordes da NFL se tornando membro do 2000 rushing yards club. Em 1984 ele teve doze jogos para mais de 100 jardas corridas, quebrando o recorde de números de jogos para mais de 100 jardas em uma temporada, recorde que era detido por O. J. Simpson (o primeiro jogador a correr mais de 2000 jardas na história da NFL em 1973). Suas 2,105 jardas totais através de corridas bateu o recorde de O.J. Simpson que em 1973 correu para 2.003 jardas (Dickerson passou o recorde com 2.007 jardas faltando um jogo), mas a NFL expandiu o número de jogos de 14 para 16 em 1978, o que mantém o recorde de Simpson, pois ele é o único jogador a correr mais de 2000 jardas em  uma temporada regular com 14 jogos. Dickerson teve uma media de 5,6 jardas por corrida e liderou o Rams para o playoff de 1984.

Week Team Carries Yards Average
1 DAL 21 138 6.6
2 CLE 27 102 3.8
3 at PIT 23 49 2.1
4 at CIN 22 89 4.0
5 NYG 22 120 5.5
6 ATL 19 107 5.6
7 at NO 20 175 8.8
8 at ATL 24 145 6.0
9 SF 13 38 2.9
10 at STL 21 208 9.9
11 CHI 28 149 5.3
12 at GB 25 132 5.3
13 at TB 28 191 6.8
14 NO 33 149 4.5
15 HOU 27 215 8.0
16 at SF 26 98 3.8
1984 TOTAL 379 2,105 5.6

Em 1985 ele correu para 1.234 jardas, mesmo perdendo os dois primeiros jogos por causa de uma disputa contractual com o time, ele perdeu o Pro Bowl pela primeira vez na sua curta carreira na NFL neste ano, entretanto ele quebrou o recorde de jardas corridas em um jogo de playoff correndo para 248 jardas contra o Dallas Cowboys.

1987–1991: Indianapolis Colts Era

O ano de 1985 marcou o começo de uma gerra contractual entre o Rams e Dickerson o que fez ele jogar apenas três jogos pelo time. Ao fim dos três jogos ele foi trocado e foi jogar no Indianapolis Colts, esta troca é considerada uma das maiores trocas de todos os tempos da NFL. O Rams enviou Dickerson para o Colts, que enviou para o Rams o running back Owen Gill, as escolhas de primeira e segunda rodada do draft de 1988 e a escolha de segunda rodada do draft de 1989. O Colts teve que trocar o linebacker Cornelius Bennett com  oBuffalo Bills, para mandar para o Rams o running back Greg Bell . O Bills ainda trocou as suas escolhas de primeira rodada dos drafts de 1988 e 1989 e a escolha de segunda rodada do draft de 1989com o Rams para pegar o running back Gaston Green, wide receiver Aaron Cox, linebacker Fred Strickland, running back Cleveland Gary, linebacker Frank Stams, e defensive back Darryl Henley.[7] A trocara reuniu Dickerson com Ron Meyer, que saiu da SMU depois da teceira temporada de Dickerson no college para ser head coach do em New England e que foi contratado pelo Colts in 1986 depois da demissão de Rod Dowhower.

Ele jogou apenas 9 jogos com o Colts neste ano e ainda correu para 1.011 jardas terminando a temporada de 1987 com 1,288 jardas. Além disso, ele liderou a parte final da temporada do Colts levando o time para sua primeira temporada vencedora, mais vitórias que derrodas, e primeiro acabando com um jejum de playoffs que já durava 10 anos.

Em 1988, Dickerson correu para 1.659 jardas e se tornou o primeiro Colt a liderar a liga desde Alan Ameche em 1955. Isso marcaria o apogeu da carreira de Dickerson com o Colts (embora ele ganharia 1.311 jardas em 1989). Além disso, 1989 foi o ano em que ele ultrapassou a marca de 10 mil jardas, e foi o jogador mais rápido a atingir esta marca com 91 jogos, realizando a façanha mais rápido do que grandes nomes como Jim Brown (98 jogos), Barry Sanders (103 jogos), Emmitt Smith (106 jogos), e LaDainian Tomlinson (106 jogos). Em 1989, ele estabeleceu um novo recorde da NFL com sete temporadas seguidas para mais de 1.000 jardas, e liderou a liga em quatro dessas temporadas.

No entanto, lesões, mais disputas contratuais e suspensões apagaram suas últimas duas temporadas com o Colts. Dickerson, aos 29, foi o mais bem pago running back da NFL, recebendo um salário anual de $ 1,4 milhões. Após disputas contratuais prolongados, o Colts colocou ele na lista de inativos antes do início da temporada de 1990, onde permaneceu por 7 semanas e perdeu mais de US $ 600.000 em salário. Em seu sexto jogo de volta de suspensão, Eric destruiu a defesa Bengals com 143 jardas em 22 tentativas, esse feito fez com que ele passasse Jim Brown sendo agora o terceiro lugar na lista de running backs com mais jardas corridas na carreira na NFL atrás apenas de Walter Payton and Tony Dorsett. Mas 1991 no seu último ano como um Colt ele foi novamente suspenso, desta vez por três jogos, e em meio a lesões e da idade, conseguiu correr para apenas 536 jards. O Colts terminou o ano no fundo do poço com um recorde de 1-15.

1992–1993: Os anos finais

Em 26 de abril de 1992, Dickerson foi triocado do Colts para o Los Angeles Raiders pelas de quarto e oitavo rounds do draft de 1992.Ele mostrou alguns lampejos do antigo jogo demostrado no Rams e no Colts—107 jardas contra os Broncos, 103 contra o Chargers,onde ele completou respectivamente a 63rd e 64th jogo correndo para mais de 100 jardas— mas estes foram apenas os últimos.  Dickerson também marcou um TD de 40 jardas correndo, mostrando o que le tem de melhor durante um Monday Night num jogo contra o Kansas City. Neste ano ele liderou o time em tentativas e jardas  em corridas.

Na temporada seguinte, Dickerson foi trocado para o Atlanta Falcons em 7 julho de 1993 por uma escolha de sexta rodada do draft de 1994. Ele jogou como segundo running back, marcando sua última aparição em um jogo televisionado para todo país em um jogo no Monday Night Football em 27 de setembro de 1993, quando os Falcons jogaram em casa contra o Pittsburgh Steelers sendo derrotado no final. O Falcons trocou Dickerson e terceiroanista cornerback  Bruce Pickens para o Green Bay Packers pelo running back John Stephens em 13 de outubro de 1993.

A troca veio uma semana depois que Dickerson declarou que o Falcons queria dispensa-lo, porque o Coach Jerry Glanville  queria usar jogadores mais novos. No dia seguinte, o Falcons, disse que houve um mal-entendido e que Dickerson não tinha sido colocado como agente livre. Dickerson aposentou-se como o Segundo melhor corridor de todos os tempos depois de ter falhado um teste físico com os Packers.

Estatísticas da Carreira:

Year Team Games Attempts Yards YPC Long TDs
1983 Los Angeles Rams 16 390 1,808 4.6 85 18
1984 Los Angeles Rams 16 379 2,105 5.6 66 14
1985 Los Angeles Rams 14 292 1,234 4.2 43 12
1986 Los Angeles Rams 16 404 1,821 4.5 42 11
1987 Los Angeles Rams 3 60 277 4.6 57 1
1987 Indianapolis Colts 9 223 1,011 4.5 53 5
1988 Indianapolis Colts 16 388 1,659 4.3 41 14
1989 Indianapolis Colts 15 314 1,311 4.2 21 7
1990 Indianapolis Colts 11 166 677 4.1 43 4
1991 Indianapolis Colts 10 167 536 3.2 28 2
1992 Los Angeles Raiders 16 187 729 3.9 40 2
1993 Atlanta Falcons 4 26 91 3.5 10 0
Career   146 2,996 13,259 4.4 85 90

Dickerson se tornou o sétimo running back a chegar na marca de 10,000 jardas e o mais rápido a chegar a marca, chegando a esse feito em apenas 91 jogos. Durante os 11 anos de carreira, Dickerson correu para 13,259 jardas, sendo a segunda melhor marca de todos os tempos até sua aposentadoria. El ainda teve marcas de 2.1137 jardas e 6 touchdowns em 281 recepções de passes. Por seis vezes foi selecionado para o Pro Bowl, ele recebeu a honra de All-Pro em 1983198419861987 e 1988. Em 1999, no seu primeiro ano de elegibilidade, Eric Dickerson foi selecionado para ser um Pro Football Hall of Fame. Também em in 1999, ele fois rankeado o número 38 na The Sporting News‘ entre os 100 melhores jogadores de todos os tempos da NFL. No ano seguinte ele passou a trabalhar como comentarista durante os jogos de Monday Night Football.

Ele também recebeu a honra de ter  o número 29 do Rams aposentado com seu nome.

Honrarias

dickerson3

Vídeo falando sobre a melhor temporada de Dickerson na NFL:

Espero ver um dia um Rams bater estas marcas do Eric Dickerson e fazer a alegria que tantos queremos, nosso time sempre teve bons e grandes powerbacks veremos quem será o próximo.

Anúncios

O que achou do texto?Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s