The Legendary: Merlin Olsen #74

Olá amigos e torcedores do Rams, para você que não leu os textos da coluna postados anteriormente, segue os links:

 Bob Waterfieldhttps://ramsbrasil.wordpress.com/2013/04/03/the-legendary-bob-waterfield/

Deacon Joneshttps://ramsbrasil.wordpress.com/2013/04/18/the-legendary-deacon-jones-75/

Hoje a figura lendária do Rams, também tem o número da camisa eternizado no Rams, ele foi amigo de Deacon Jones e juntos formam o que é consideradomerlin-olsen a melhor dupla de linha defensiva do lado esquerdo. Estamos falando nada mais nada menos do que o terceiro jogador selecionado no draft de 1962: Merlin Jay Olsen.

Nascido em Logan, no estado de Utah, o segundo dos 9 filhos da família Jay Olsen. Ele jogou pela universidade de Utah State. Na universidade ele se formou em Administração e ciências sociais, e ainda fez mestrado em Economia. Nosso notável também era bom de estudos para a época, porém ele se destacava bastante atuando como defensive tackle pelos Aggies (time de futebol americano de Utah State), e se tornou um membro do Hall da fama da universidade depois de sua passagem por lá.

Na NFL Olsen jogou 15 anos e todos eles foram pelo Rams. Ele foi draftado em 1962, assinou um contrato de $50,000 dolares por dois anos, mais um bônus de assinatura. Naquela época a média salarial da NFL era em torno de $12.000,00 por ano, muito distante dos valores que podemos ver atualmente. Ele foi o primeiro jogador dos Aggies a ser draftado na primeira rodada.

Ele jogou profissionalmente  de 1962 a 1976 pelo Los Angeles Rams. Olsen foi a estrela da defesa do time, liderou uma era no Rams. Em 15 anos ele apenas não jogou dois jogos, ele foi o escolhido calouro do ano em 1962 e First team All-Pro em 1964, 1966 a 1970. Fez parte do Second-team All-Pro em 1965, 1973 e 1974.

Junto com Deacon JonesRosey GrierLamar Lundy, Olsen formou a considerada melhor linha defensive de todos os tempos na NFL “The Fearsome Foursome“. Em 1965 ele fez seu único touchdown em um jogo da NFL, na semana 12, recuperando um fumble.

Durante os anos 60, o quarteto aterrorizou os ataques da NFL, as jogadas de Olsen ajudou o Rams nos playoffs de 1967 e 1969. Ele recebeu a honra de melhor linha defensiva pelos ex-jogadores do Rams em 1967 a 1970. Nos anos 70, Olsen continuou com jogadas dominantes na posição de defensive tackle.

O Rams ganhou a NFC West de 1973 a 1976, e muito desse mérito passou pelas mãos de Olsen e de sua defesa. Eles foram ranqueados como a melhor defesa contra merlin3o jogo corrido em 1973 e 1974,  e terminou em segundo em números de sacks nesses dois anos. Três dos irmãos Olsen jogaram na NFL: Phil jogou junto com Merlin de 1971-1974. Em 1975 e 1976 a defesa do Rams terminou as duas temporadas como a segunda melhor defesa contra corrida e a quinta melhor em números de sacks. Nessas duas temporadas o Rams teve 22 vitórias, 5 derrotas e 1 empate.

A última partida de Merlin foi o NFC Championship game em 1976, em Bloomington, Minnesota, contra o Vikings. Neste jogo o Rams perdeu por 24-13, colocando um fim na carreira de Merlin Olsen no Rams e na NFL.

Olsen tem o recorde de idas ao Pro Bowl, com 14 vezes, deixando de ir apenas no seu último ano. Em 1982 no seu primeiro ano de elegibilidade ele se tornou um membro do Hall da Fama da NFL.

Lista de sacks por temporada:

1962 (3.5), 1963 (3.5), 1964 (7), 1965 (6), 1966 (4), 1967 (3.5), 1968 (9), 1969 (11), 1970 (8.5), 1971 (4), 1972 (10), 1973 (7), 1974 (3.5), 1975 (7.5), 1976 (3).

Total de sacks na carreira: 127.

Depois de sua aposentadoria Olsen se tornou um comentarista de sucesso na NFL, ator e um homem de negócios.Merlin Olsen

Ele foi comentarista no time de Dick Enberg na NBC, cobrindo a AFC durante os anos 80. Em 1990 e 1991 ele trabalhou como comentarista na CBS Sports, comentando jogos com Dick Stockton.

Em honrarias ele foi nomeado Walter Camp Man of the Year em 1982 e o atleta do século no estado de Utah. O estádio Romney Stadium, a casa do Utah State, foi nomeada como Merlin Olsen Field em 2009, na intertemporada. Uma escultura de Merlin foi inaugurada no Outono de 2010, no setor sul do estádio.

Em 2009 ele foi diagnosticado com mesotelioma peritoneal, um tipo de câncer que ataca o abdômen, passando por três sessões de Quimioterapia, mas veio a falecer dia 11 de março de 2010 com 69 anos. Fica a lembrança de um homem que fez muito pelo esporte e pelo hoje chamado St. Louis Rams.

Video do anuncio da troca de nome do campo do Utah State Aggies:

Tributo a Merlin Olsen, feita pela faculdade de Utah State:

Video da NFL Network em tributo a Merlin Olsen:
http://www.nfl.com/videos/nfl-hall-of-fame/09000d5d816e2991/Merlin-Olsen-dies

Abraço, pessoal. Até a próxima Quarta-feira.

Anúncios

O que achou do texto?Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s