Perspectivas de elite, blue chips e red chips

Por  Bucky Brooks site da NFL

draft 2013

Executivos e analistas da NFL  têm caracterizado a classe do  NFL Draft 2013  com a falta de um talento nato, e que não tem jogador top mas está cheio de perspectivas de qualidade.

Perspectivas de elite

Estes jogadores devem ser selecionados para o  Pro Bowl  sendo reconhecido no início de suas carreiras e classificados entre os cinco melhores jogadores em suas respectivas posições dentro de dois ou três anos.

1) Eric Fisher, OT, Central Michigan
2) Luke Joeckel, OT, Texas A&M
3) Chance Warmack, OG, Alabama
4) Jonathan Cooper, OG, North Carolina
5) Dee Milliner, CB, Alabama

Blue chips

A classe blue-chip é estabelecida através de um estudo de filmes e exercícios. Os Scouts gastam uma quantidade significativa de tempo para  determinar se cada jogador tem os fatores críticos necessários (características como atletismo,inteligência no jogo, explosão e produção) para desenvolver sendo um diferencial. Jogadores blue-chip dominaram a competição da faculdade, em sua maior parte, ao exibir os traços que tradicionalmente se reflete em sucesso a longo prazo no nível da NFL.

Estes jogadores são consideradas pelo diferencial com base unicamente no seu talento. Eles devem começar como novatos e fazer contribuições imediatas para suas respectivas equipes.

1) Sharrif Floyd, DT, Florida
2) Jarvis Jones, OLB, Georgia
3) Dion Jordan, DE/OLB, Oregon
4) Geno Smith, QB, West Virginia
5) Star Lotulelei, DT, Utah
6) Ezekiel “Ziggy” Ansah, DE, BYU
7) Lane Johnson, OT, Oklahoma
8) Xavier Rhodes, CB, Florida State
9) Sheldon Richardson, DT, Missouri
10) Keenan Allen, WR, Cal
11) Alec Ogletree, LB, Georgia
12) Tavon Austin, WR, West Virginia
13) Sylvester Williams, DT, North Carolina
14) Kenny Vaccaro, S, Texas
15) Tyler Eifert, TE, Notre Dame

Red chips

Jogadores Red-chip , por outro lado, mostram vários jogadores de qualidades e características blue-chip , mas não têm o perfil consistente, igual aos Blue chip. Seja por causa do conjunto físico e capacidade atlética ou inconsistência no desempenho em campo, os jogadores da categoria red-chip são considerados como sendo um degrau abaixo de ser elite. O que não impede, no entanto, que poderia emergir como jogadores de Pro Bowl. Vários desses jogadores irão ser escolhidos na primeira rodada, apesar dos analistas de toda a NFL serem divididos em suas opiniões quanto ao seu potencial profissional.

Estes jogadores devem contribuir parcialmente com o tempo, mas devem começar a ajudar até o final da temporada. Além disso, eles devem ser colaboradores-chave em equipes especiais e e ser sólido em suas funções designadas.

1) Barkevious Mingo, DE/OLB, LSU
2) Cordarrelle Patterson, WR, Tennessee
3) Bjoern Werner, DE, Florida State
4) Manti Te’o, LB, Notre Dame
5) Eric Reid, S, LSU
6) Damontre Moore, DE, Texas A&M
7) Matt Elam, S, Florida
8) David Amerson, CB, N.C. State
9) Robert Woods, WR, USC
10) Margus Hunt, DE, SMU
11) Desmond Trufant, CB, Washington
12) Eddie Lacy, RB, Alabama
13) Matt Barkley, QB, USC
14) D.J. Fluker, OT, Alabama
15) EJ Manuel, QB, Florida State
16) Le’Veon Bell, RB, Michigan State
17) Menelik Watson, OT, Florida State
18) DeAndre Hopkins, WR, Clemson
19) Giovani Bernard, RB, North Carolina
20) Justin Hunter, WR, Tennessee

Essas listas são fornecidas pela NFL,  seus executivos e analistas avaliam os jogadores do Draft.

2 comentários sobre “Perspectivas de elite, blue chips e red chips

  1. Pingback: Mock Draft: Piter Damacino | Blog Rams Brasil
  2. Pingback: 4ª Necessidade: Running Back | Blog Rams Brasil

O que achou do texto?Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s